RELIGIOSIDADE

Preciso compartilhar algo especial com vocês. Quem já leu sobre minha história sabe que venho de uma família bem simples com pai alcoólatra, que sai da casa dos meus pais aos 15 anos por não aguentar ver meu pai chegar bêbado em casa e quebrar tudo inclusive bater na minha mãe e todos que via pela frente.

Desde novinha lembro que meu pai até ia na igreja católica e depois se converteu para igreja evangélica e mesmo assim não parou de beber e fazer as estripulias dele, mas éramos obrigadas a ir a igreja enquanto ele ficava no boteco bebendo, eu nunca entendia o motivo pelo qual justificasse eu ter nascido pobre em uma família perturbada e cheia de problemas enquanto muitas pessoas tinha uma vida maravilhosa e uma família linda com muito amor em casa.

Era uma pessoa magoada, triste, nervosa, e achava que todo mundo era culpado das minhas dores, e trabalhava com uma pessoa que era espírita e ela sempre me dizia, “Fê você tem que parar de reclamar da vida” e me chamou para ir ao centro espírita para uma palestra… ahhhh eu morria de medo… achava que lá iriam exorcizar e ia ver um monte de fantasmas, sei lá, que era coisa do demônio, mas eu fui, centro espirita kardecista, onde você assiste apenas palestras, não tem nada demais, é uma reunião como na igreja católica ou evangélica e naquele dia parece que tudo que dizia ali fazia todo sentido na minha vida, e trazia coisas da realidade e que explicava tudo o que eu vivia desde que nasci.

Foi a melhor coisa da minha vida, comecei a aprofundar os estudos espirituais, física quântica, universo e hoje tudo se explica perfeitamente, eu só vim na família que vim, pois os laços de família são os mais fortes e aquelas brigas e raivas, mágoas que tinha do meu pai, se tornou o maior amor da minha vida, e após 5 anos sem falar com ele, eu liguei para ele esses tempos aí, e disse “Pai, estou ligando para te dizer o quanto eu te amo e sou grata por ter vindo sua filha, pois tudo que passei decorrente aos seus atos de alcoolismo e desamor, fez com que eu me lançasse no mundo, sem destino e sem condição financeira alguma e lutar para sobreviver sem ajuda suas e hoje ser a pessoa forte, sem medo da vida e grata que sou. Já pensou se você tivesse me mimado, tivesse condições de me dar tudo sem esforço, e estivesse até hoje dependendo de você, eu não seria ninguém e poderia me matar por qualquer dificuldade… e ele só chorava ao telefone e dizia você é minha vida, meu maior orgulho” e a gente se ama de verdade hoje tudo graças ao que o espiritismo me abriu na mente.

E assim me encontrei, hoje todos os dias estou estudando algo e ensinando pessoas ao meu redor a vencer algumas dores que já passei e outras que pretendo nunca passar, mas que já tenho respostas caso acontecer.

Nada é acaso no universo. Vamos mudar o mundo, começando por nós mesmos.

Vou compartilhar aqui o que me motiva todo dia a viver com Gratidão Profunda até nas dores e na tristeza, pois tudo ensina….